Tratamento de Cicatrizes

As cicatrizes ocorrem como resultado de injúrias profundas à pele, sendo uma resposta natural do organismo dependente da genética além de fatores locais e ambientais.

 

Vários fatores influenciam na formação da cicatriz, tais como: parte do corpo, tensão no local do trauma, infecção secundária, manipulação, movimentação, etc. Também interferem os fatores genéticos, que podem favorecer o aparecimento da cicatriz hipertrófica ou queloide.

 

A cicatriz hipertrófica ocorre pelos vários motivos citados acima, sendo avermelhada, endurecida e não ultrapassando a área do trauma inicial da pele. Já o queloide é um tipo de cicatriz influenciada pela tendência genética que ultrapassa muito o limite da lesão cutânea e tem crescimento descontrolado.

 

A cicatriz deve ser avaliada e classificada pelo médico para que seja escolhida a melhor combinação de tratamentos. Podemos melhorar a coloração, textura, formato ou tensão da cicatriz, mas vale lembrar que não podemos apagar a cicatriz por completo.

 

As cicatrizes são sempre indesejáveis, mas hoje temos recursos onde podemos minimizá-las com excelentes resultados, a ponto de, muitas vezes ficarem praticamente imperceptíveis. Vale ressaltar que os melhores resultados são obtidos quando as cicatrizes são recentes.

 

Dentre os tratamentos para cicatrizes destacamos:

 

  • Infiltrações de corticoide

A infiltração de corticoide  é feita de forma diluída, com intuito de diminuir e clarear a cicatriz.

  • Laser fracionado ablativo

O laser fracionado ablativo age penetrando na pele através de colunas de aquecimento, e no seu entorno preservamos a pele intacta. Este processo é muito efetivo no processo de recuperação da pele, com melhora da cicatriz, minimizando os riscos de complicações.

Por ser ablativo, ele atua na camada superficial e também na profunda da pele (epiderme e derme) com realização da formação de novas fibras de colágeno, que chamamos de neocolagênese. Os resultados são observados após um mês da aplicação. Neste processo temos também mais flexibilidade da cicatriz.

  • Laser fracionado não ablativo
  •     O laser fracionado não ablativo  atua através de uma remodelação do tecido profundo (dérmico).

 

Por gerar um aquecimento intradérmico, tem uma proposta de tratamento focado para as cicatrizes mais profundas, suavizando as irregularidades da pele de dentro para fora provocando o remodelamento do colágeno e promove mais flexibilidade da cicatriz.

WhatsApp chat