Dermatites

A dermatite ou eczema  é caracterizada pela presença de lesões cutâneas pruriginosas (ou seja, que causam coceira) e de causa bastante variável.

 

​Existem quatro tipos de eczema mais importantes e frequentes que são: a dermatite ou eczema atópico, dermatite  ou eczema de contato, eczema disidrótico e dermatite ou eczema seborreico.

 

  • Eczema atópico ou dermatite atópica: é um eczema que aparece em áreas específicas do corpo, como face, dobras de braços e pernas. Esse tipo de dermatite está frequentemente associado à asma e à rinite.Na dermatite atópica o componente genético associa-se ao estímulo ambiental, que é o gatilho para o seu desencadeamento.pode surgir a partir do segundo mês de vida e evoluir em surtos manifestando-se muitas vezes por toda a vida do paciente. Nesse tipo de eczema, a coceira é o sintoma mais importante, sendo um dos dados que contribuem para o diagnóstico.

Quanto aos cuidados com a dermatite atópica podemos enumerar as seguintes dicas:

​Evitar banhos quentes e demorados

​Uso de loções de limpeza e hidratação específica para pele sensível após o banho

Roupas de tecido de algodão, higienizadas com sabões neutros.

 

  • Eczema de contato ou dermatite de contato: surge após o contato de material ou produto na pele do indivíduo, ou seja, existe um fator causal que desencadeia a coceiras, gerando uma reação alérgica do organismo contra o agressor. As localizações mais frequentes são: mãos, face, pescoço e pés. Na dermatite de contato, muitas vezes obtemos o diagnóstico  através de testes cutâneos realizados pelo alergologista.
  • Eczema disidrósico ou disidrose: neste tipo de eczema ocorrem pequenas vesículas que surgem nas mãos e nos pés. Pode ter várias causas relacionadas como o eczema atópico, a dermatite de contato e a farmacodermia eczematosa.   Além disso, a presença de micose nos pés pode levar à formação de vesículas nas mãos, como uma reação alérgica ao fungo presente na região plantar. Existe um tipo de disidrose chamada idiopática, ou seja, sem causa determinada, que está relacionada ao estresse emocional.
  • Eczema ou dermatite seborreica: A dermatite seborreica  normalmente, se desenvolve onde a pele é oleosa ou gordurosa, como por exemplo, o couro cabeludo, sobrancelhas, pálpebras, vincos do nariz, atrás das orelhas, axilas  e tórax. A fase inicial da  dermatite seborreica é conhecida popularmente como “caspa”. Os sintomas da dermatite seborreica também podem estar associados à coceira, que pode piorar caso a área seja infectada pelo ato de “cutucar”. A pele pode apresentar ainda leve vermelhidão e possível perda de cabelo.

 

A dermatite seborreica não é contagiosa e alguns fatores estão relacionados à sua evolução como predisposição familiar, tensão emocional, obesidade, fatores imunológicos e psiquiátricos.

WhatsApp chat