QUEDA DE CABELOS

QUEDA DE CABELOS

A queda de cabelos é chamada de alopecia e pode ser causada por diversos fatores. É muito importante estabelecer-se a origem da queda para que o tratamento adequado possa ser instituído, de acordo com o fator desencadeante

A queda de cabelos é chamada de alopecia e pode ser causada por diversos fatores. É muito importante estabelecer-se a origem da queda para que o tratamento adequado possa ser instituído, de acordo com o fator desencadeante.


Dentre os diversos fatores, podemos destacar:

Fator genético: é a causa mais comuns nos homens; havendo alguém na família com problemas de calvícies, existe a possibilidade de caráter hereditário

Stress: qualquer fator que cause uma alteração do metabolismo: stress emocional pós cirúrgico, pode estar associado a queda súbita de cabelos

Carencial: falta de vitaminas ou anemia também pode ser um dos fatores de queda.

Metabólica: alterações hormonais, principalmente associado à hormônios ovarianos ou tireoidianos podem estar se manifestando inicialmente através de queda de cabelos

Fatores locais: oleosidade, doenças do couro cabeludo como dermatite seborreica pode em algumas situações favorecer a queda de cabelos.

Infecções: da mesma forma que o stress, por alteração do organismo, processos infecciosos podem manifestar-se como queda de cabelos.

Portanto, em geral após a avaliação médica onde podemos determinar o possível fator de queda, muitas vezes há necessidade de exames laboratoriais para identificar alguma causa do organismo que possa estar relacionada à queda.


Alopecia Androgenética

Neste caso, também conhecido como calvície de padrão masculino, é o tipo mais comum de queda de cabelos em homens e a causa é hereditária, não há uma doença física. Porém em algumas situações a calvície pode gerar uma doença psicológica, quando os cabelos começam a cair, gerando ansiedade por alteração estética do indivíduo.

Esta queda ocorre por ação de um determinado hormônio, chamado dihidrotestosterona (DHT) que contribui para a redução do crescimento e afinamento do pêlo.A produção deste hormônio é regulada por uma enzima denominada 5-alfa-redutase.

Dentre os tratamentos atuais, destaca-se uma substância denominada Finasteride. Esta substância inibe a ação da enzima 5-alfa-redutase, interrompendo o processo de queda, engrossando o fio e aumentando o crescimento capilar.

No Comments

Post A Comment

WhatsApp chat